O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar


  • Home

  • Seta Cima Fornecedores
  • Seta Cima Produtos
  • Seta Cima Arquitetura
  • Seta Cima Equipamentos
  • Seta Cima Revista Digital
  • Seta Cima Web Seminários
  • Seta Cima Conexão AEC
  • Seta Cima Blog
Seta Direita

Busca por Fornecedor ou Produto Utilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > > Duplicação da SP-062 utiliza britas graduadas simples da Votorantim Cimentos

Votorantim Cimentos

Duplicação da SP-062 utiliza britas graduadas simples da Votorantim Cimentos

Em três meses, a empresa forneceu 6 mil toneladas de BSG para executar os subleitos das pistas

Duplicação SP-062
BGS possui faixa granulométrica que garante estabilidade e durabilidade para pistas de alto tráfego, sobretudo de veículos pesados (foto: Stanislaw Mikulski/shutterstock)


As obras de duplicação da SP-062, estrada velha que liga o Rio de Janeiro a São Paulo, abrangem serviços como recapeamento das pistas, pavimentação dos acostamentos, implantação da nova sinalização, inclusão das rotatórias e ciclovias e outras melhorias na segurança rodoviária. As intervenções estendem-se por três trechos: Caçapava e Taubaté (km 112,6 ao km 123,7), Pindamonhangaba e Aparecida (km 159,8 ao km 172,6) e Guaratinguetá e Lorena (km 178 ao km 186,3).

Sob responsabilidade do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), as atividades iniciaram-se em março de 2015, com previsão de conclusão para março de 2017. O investimento total se aproxima de R$ 68 milhões.

Britas garantem estabilidade À pista

Um dos desafios da obra encontrava-se na rodovia Vito Ardito (SP-062), em Caçapava. O local ficou interditado para a realização dos serviços de demolição (km 113,6) e de reconstrução de duas pontes (km 117,2). Com isso, a usina de mistura dos agregados não estava funcionando por inteiro, o que impedia o fornecimento das britas graduadas simples (BGS) que seriam utilizadas na execução dos subleitos dos pavimentos. O material era indispensável para a obra porque garante estabilidade e durabilidade para atender às pistas de alto tráfego, sobretudo de veículos pesados, como caminhões de carga.

Definição

Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o BSG é uma mistura (feita em usina) de produtos de britagem de rocha sã. Nas proporções adequadas, obedecem a uma faixa granulométrica contínua (a faixa A é a mais ‘grossa’, enquanto a E é a mais ‘fina’).

60 mil toneladas em trÊs meses

A Votorantim Cimentos assumiu o compromisso de fornecer o BSG para a base dos pavimentos. Dispôs de uma equipe técnica especializada que colocou a usina em funcionamento em menos de 24 horas. Com alta capacidade produtiva, forneceu mais de 60 mil toneladas de agregados em três meses.

“O BSG é um material específico, que exige muitos cuidados. Durante a distribuição, por exemplo, não poderíamos deixá-lo cair para não interferir na concepção final do produto. A mistura na usina compreende pedras grandes e pequenas, além de adição de pó, nas proporções especificadas pelo projeto”, afirma Marco Aurélio Gomes Barros, Gerente de Vendas Produto Agregados da Votorantim Cimentos.

Barros afirma ainda que cada faixa da rodovia necessitou de um material diferente para suportar os pesos variados. “Na faixa da esquerda, que geralmente recebe veículos leves, não foi tão necessário aplicar o BSG. Porém, na faixa da direita, que precisa suportar caminhões de cargas pesadas, o material foi utilizado. A aplicação foi abaixo da camada do asfalto, formando uma manta de 30 a 40 cm de brita”, explica.

Outros agregados

Além do BSG, a Votorantim Cimentos trabalha com diversos agregados de qualidade, como as britas 0 a 4 (essa última também é conhecida como macadame), que atendem da confecção de mantas asfálticas, concretos em geral, drenagem e lastros de ferrovias às pistas de tráfego pesado. Também desenvolve britas graduadas tratadas com cimento (BGTC) e bica corrida para aterros e regularização de áreas.

Possui, ainda, rachão (utilizado em gabiões e calçamento de ruas), areia de brita tipos I e II (adequada para confecção de asfalto, concretos em geral e lajes pré-moldadas), pó de pedra (ideal para terraplenagem, como material de sub-base e estabilização de solos) e pedrisco misto (aplicado em concretos em geral e artefatos).

Veja mais produtos deste fornecedor disponíveis no Portal AECweb

Veja também outros destaques da Votorantim Cimentosno Portal AECweb

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.

+55 (11) 3879-7777

Fale conosco