O portal da Arquitetura,
Engenharia e Construção
Receba Boletins e Informativos. Saiba mais
Fechar


  • Home

  • Seta Cima Fornecedores
  • Seta Cima Produtos
  • Seta Cima Arquitetura
  • Seta Cima Equipamentos
  • Seta Cima Revista Digital
  • Seta Cima Web Seminários
  • Seta Cima Conexão AEC
  • Seta Cima Blog
Seta Direita

Busca por Fornecedor ou Produto Utilize a barra de busca para procurar
o fornecedor ou produto que você deseja!

> > > > Argamassa projetada em silo aumentou a produtividade no Jardim das Perdizes

Votorantim Cimentos

Argamassa projetada em silo aumentou a produtividade no Jardim das Perdizes

Fornecimento a granel com projeção de argamassa proporciona maior produtividade de homem/hora

Jardim das Perdizes
O sistema de argamassa projetada garantiu melhor acabamento e aumentou o desempenho da aderência da argamassa na superfície (foto: divulgação/Votorantim Cimentos)


Localizado na zona oeste de São Paulo e próximo a importantes centros comerciais, culturais e de lazer, o bairro planejado Jardim das Perdizes tem área de 250 mil m² que abriga 32 torres, entre residenciais e mistos, todos cercados por mais de 50 mil m² de área verde.

O empreendimento destaca-se por sua infraestrutura completa, que prioriza conforto, segurança e bem-estar aos moradores e frequentadores, além de instalações totalmente voltadas à preservação do meio ambiente. São 2,2 mil árvores de mais de 40 espécies, iluminação LED, fiação subterrânea e pavimentação com 100% de permeabilidade.

Também conta com recursos que buscam a interatividade entre os usuários, como pista de cooper, ciclovia, playground, bancos para descanso/leitura e área de lazer para a terceira idade.

DESAFIO

Em um projeto de grandes proporções como o Jardim das Perdizes, um dos principais objetivos construtivos é aumentar a produtividade com redução de custos e mão de obra. Nesse sentido, a busca por tecnologias diferenciadas no mercado torna-se uma prioridade, a exemplo do que aconteceu no Recanto Jacarandá – W218 –, edifício que faz parte do bairro planejado.

Ao se definir o revestimento externo do prédio, existia uma clara preocupação não apenas com a qualidade do acabamento, mas também com a logística de abastecimento dos materiais e com o próprio canteiro (o processo deveria gerar o menor impacto possível e não atrasar as etapas de aplicação).

SOLUÇÃO

Assim, o sistema de argamassa projetada foi escolhido como o mais adequado para a obra do Recanto Jacarandá. Em razão de sua aplicação mecânica e uniforme, o método melhora a produtividade desta etapa da obra, garante mais qualidade ao acabamento e aumenta a eficácia da aderência da argamassa à superfície de aplicação.

Em teste realizado pela Votorantim Cimentos durante oito semanas, percebeu-se que o fornecimento da argamassa a granel (por meio de silos) traria resultados mais eficazes do que a distribuição ensacada. Enquanto com a primeira opção foram despendidas 18 horas trabalhadas indiretas – o que contempla, praticamente, a pressurização para a subida do material no pavimento –, a segunda levou 179 horas trabalhadas indiretas, considerando o transporte vertical de sacos até os pavimentos. De acordo com o gerente de desenvolvimento técnico de mercado da Votorantim Cimentos, Marcus Israel Coimbra, o principal benefício do fornecimento a granel é a economia no transporte do material – principalmente o vertical – e no processo de mistura e aplicação mecanizada das argamassas.

"Com o silo, a produtividade é muito maior. Ele é locado na obra estrategicamente de modo a atender as fachadas nas quais a argamassa deverá ser aplicada. A mistura do pó com a água é feita somente no andar por meio de um misturador mecânico que fica próximo ao local da aplicação. Na sequência, a argamassa é bombeada, transportada por mangotes e projetada na parede por um profissional treinado a partir de um bico pressurizado. Com a argamassa ainda fluída, inicia-se o processo de acabamento com a ‘régua H’, ferramenta utilizada para remover o excesso de material, deixando a superfície lisa e bem próxima da espessura final. O desempeno (acabamento) da argamassa é realizado de forma tradicional com o uso de desempenadeira. Vale destacar que o excesso de argamassa removida com a ‘régua H’ retorna ao sistema, ajudando a reduzir de forma considerável as perdas", explica Coimbra.

Foram 1.144,79 m² de argamassa projetada pelo fornecimento a granel em revestimento externo nas fachadas do edifício. “A equipe da Votorantim Cimentos ajudou a definir o melhor local para a instalação do equipamento (interferindo o mínimo possível no canteiro), no dimensionamento e no treinamento das equipes de projeção do empreiteiro, no acompanhamento da rotina de abastecimento e nas visitas técnicas semanais, verificando a qualidade da operação", ressalta Coimbra.

DESCRIÇÃO DO SISTEMA

A Votorantim Cimentos oferece o Sistema Matrix para a aplicação de uma linha completa de argamassas com uso de silo. Trata-se de uma solução ideal para obras verticais, tendo em vista a considerável economia de espaço no canteiro, tempo e mão de obra no transporte vertical. Garante, também, maior produtividade, redução de perdas e mão de obra no processo de mistura e aplicação (este último no sistema de argamassa projetada).

Veja mais produtos deste fornecedor disponíveis no Portal AECweb

Veja também outros destaques da Votorantim Cimentosno Portal AECweb

Complete seu cadastro

Receba gratuitamente os Boletins e
Informativos do Portal AECweb.

+55 (11) 3879-7777

Fale conosco